Comunicar 50: Tecnologias e segundas línguas

Vol. XXV, nº 50, Primeiro trimestre, 1 Janeiro 2017
E-ISSN: 1988-3293 / ISSN: 1134-3478

           

O impacto emocional da mídia tradicional e das novas mídias nos acontecimentos sociais

https://doi.org/10.3916/C50-2017-10

Resumo

No passado, ao se referir a tragédias, os meios de comunicação representavam o único vetor que refletia o acontecimento em toda sua complexidade. Atualmente, as mídias sociais constituem um componente essencial do processo midiático, e os canais clássicos de imprensa estão conectados ao fluxo das redes sociais, das quais não apenas coletam informações, mas também tomam o pulso emocional da sociedade. Em 30 de outubro de 2015, num clube de Bucareste, ocorreu um incêndio que causou 64 mortes, em sua maioria, de jovens. Este estudo centra-se em como o fluxo midiático e as redes sociais na Romênia se fundiram e apoiaram mutuamente, gerando efeitos secundários após a tragédia. O período de acompanhamento foi de um mês, do dia 30 de outubro, quando ocorreu a tragédia, até 30 de novembro. O método de pesquisa combina a análise de conteúdo e a interpretação qualitativa dos dados, com referência a parâmetros como o contexto, o tema do artigo, o estilo, o gênero jornalístico ou a relação informação /opinião. As conclusões deste estudo mostram que a conexão entre a mídia tradicional e as mídias sociais ocasionou uma mudança no paradigma dos meios de comunicação e, como resultado, o papel dos jornalistas profissionais como filtro de garantia continua sendo prioritário.

Este artigo foi lido 8220 vezes

=The Emotional Impact of Traditional and New Media in Social Events

Loading

www.grupocomunicar.com

grupocomunicar.com Google Play Grupo Comunicar Grupo Comunicar Mail Mail

Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más información X Cerrar