Comunicar 56: Cyberbullying: A ameaça sem rosto

Vol. XXVI, nº 56, Terceiro trimestre, 1 Julho 2018
E-ISSN: 1988-3293 / ISSN: 1134-3478

           

Uso excessivo das redes sociais: perfil psicossocial dos adolescentes espanhóis

https://doi.org/10.3916/C56-2018-10

Resumo

Poder entender os fatores que predizem o uso excessivo das redes sociais na adolescência pode ajudar a prevenir problemas como comportamentos aditivos, solidão ou bullying virtual. O principal objetivo é explorar o perfil psicológico e social dos adolescentes que usam excessivamente as redes sociais. Participaram 1.102 adolescentes de 11 a 18 anos de Girona (Espanha). Foram agrupados os que realizavam um uso excessivo e foi explorado o seu perfil de personalidade (NEO FFI, NEO PI-R e autoconceito AF5), e o perfil social (apoio social percebido, tipologia autoatribuída de uso das TICs na família e normas de uso das TICs no lar). A incidência de uso excessivo foi de 12, 8%, sendo maior entre as meninas. O perfil de personalidade se caracterizou pelo neuroticismo, a impulsividade e um menor autoconceito familiar, acadêmico e emocional. O perfil social foi definido pela elevada utilização das TICs percebida nas mães e irmãos e por não dispor de normas de uso. Os fatores de proteção foram: a responsabilidade, ter normas de uso e ser menino, e os de risco: o uso das redes sociais para se distrair e se divertir, e a elevada percepção de consumo dos irmãos. Sugere-se desenvolver intervenções baseadas no gênero e trabalhar o uso responsável das TICs no ambiente familiar para prevenir problemáticas psicológicas mais graves.

Este artigo foi lido 5757 vezes

=Excessive use of social networks: Psychosocial profile of Spanish adolescents

Loading

www.grupocomunicar.com

grupocomunicar.com Google Play Grupo Comunicar Grupo Comunicar Mail Mail

Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más información X Cerrar