Palavras chave

Media, democracy, show representation, simulation

Resumo

Social communication media, especially audiovisual media, are the best example of the spectacular representation of the real world. This is the reason why they are an exceptionally good anaesthetic. They make democracy lose its significance since they use their mediatic power to create mediation, simulation, hedonism, narcisism... The author thinks that «diabolical» is a good word to sum up the essence of mediatic culture. Instead of it, she believes that media would be used as privileged spaces for dialogue.

Referências

BAUDRILLARD, J. (1995): A sociedade de consumo. Lisboa, Edições 70.

Link Google Scholar

BENJAMIM, W. (1992): Sobre arte, técnica, linguagem e política. Lisboa, Relógio de Água.

Link Google Scholar

BOBBIO, N. (1988): O futuro da democracia. Lisboa, Dom Quixote.

Link Google Scholar

CRUZ, M.T. (2002): «Técnica da afecção», em MIRANDA, J.B. e CRUZ, M.T.: Crítica das ligações na era da técnica. Lisboa, Tropismos; 31-45.

Link Google Scholar

DEBORD, G. (1992): La société du spectacle. Paris, Gallimard.

Link Google Scholar

ECO, U. (1995): Seis passeios nos bosques da ficção. Lisboa, Difel.

Link Google Scholar

GIDDENS, A. (1998): As consequências da modernidade. Oeiras, Celta Editora.

Link Google Scholar

LE BOM, G. (1980): Psicologia das multidões. Lisboa, Delraux.

Link Google Scholar

LIPOVETSKY, G. (1989): A era do vazio. Lisboa, Relógiod d'Água.

Link Google Scholar

MAFFESOLI, M. (1999): «A ética da estética: momo aestheticus», em Comunicação e Linguagens, 6/7. Lisboa, Cosmos; 239-247.

Link Google Scholar

MAFFESOLI, M. (2002): «Utopias e divino social», em Comunicação e Sociedade, 4. Braga, Universidade do Minho; 11-25.

Link Google Scholar

MARTINS, M. (2002): «O trágico como imaginário da era mediática », em Comunicação e Sociedade, 4. Braga, Universidade do Minho; 73-79.

Link Google Scholar

MIRANDA, J.B. (1995): «Espaço público, política e mediação», em Comunicação e Linguagens, 21-22. Lisboa, Cosmos; 129-148.

Link Google Scholar

MIRANDA, J.B. (1997): Política e modernidade-linguagem e violência na cultura contemporânea. Lisboa, Colibri.

Link Google Scholar

MIRANDA, J.B. (2002): «Controlo e descontrolo do imaginário» em Comunicação e Sociedade, 4. Braga, Universidade do Minho; 49-72.

Link Google Scholar

MOURÃO, J.A. (2002): «Vínculos, novos vínculos e desvinculação », em MIRANDA, J.; BRAGANÇA, J.A. e CRUZ, M.T.: Crítica das ligações na era da técnica. Lisboa, Tropismos.

Link Google Scholar

ORTEGA Y GASSET, J. (1971): A rebelião das massas. Rio de Janeiro, Livro Ibero-americano.

Link Google Scholar

POPPER, K. e CONDRY, J. (1999): Televisão: um perigo para a democracia. Lisboa, Gradiva.

Link Google Scholar

VATTIMO, G. (1990): La sociedad transparente. Barcelona, Paidós.

Link Google Scholar

WOLTON, D. (1995): «As contradições do espaço público mediatizado », em Comunicação e Linguagens, 21-22. Lisboa, Cosmos; 167-188.

Link Google Scholar

Fundref

Este trabalho não tem nenhum apoio financeiro

Crossmark

Technical information

Métricas

Métricas deste artigo

Vistas: 18080

Leituras dos resumos: 15324

Descargas em PDF: 2756

Métricas completas do Comunicar 22

Vistas: 664493

Leituras dos resumos: 560595

Descargas em PDF: 103898

Citado por

Citas em Web of Science

Actualmente não há citações a este documento

Citas em Scopus

Actualmente não há citações a este documento

Citas em Google Scholar

Actualmente não há citações a este documento

Baixar

Métricas alternativas

Como citar

da-Costa-Oliveira, M. (2004). Media: symbols or devils?. [Os media como espaço do sim-bole ou da dia-bole?]. Comunicar, 22, 33-37. https://doi.org/10.3916/C22-2004-06

Compartilhar

           

Caixa Postal 527

21080 Huelva (Espanha)

Administração

Redação

Creative Commons

Este site usa cookies para obter dados estatísticos sobre a navegação de seus usuários. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. +info X