Palavras chave

Teenagers, schools, mass media, violence

Resumo

Getting to know the young person of the 21th century better in his relationship with the media will allow us to understand his daily life in different ways and the meanings he gives to situations, places and events. And therefore we´ll be able to create spaces for learning, dialogue and communication with individuals at schools. The authors present data from research carried out with primaty and secondary students which makes us think about teenagers, their interests and interactions in the society. An active observation and group activities with media were carried out to collect these data and help them to communicate and improve their motivation and reflection. They think that the knowledge of teenagers´ interests and challenges help teachers and researchers to create new teaching tools.

Referências

ABRAMO, H.W. e AL. (Orgs.) (2002): Juventude em debate. São Paulo, Cortez.

Link Google Scholar

AIRES, P. (1981): História social da criança e da família. Rio de Janeiro, LTC.

Link Google Scholar

AUMONT, J. (1993): A imagem. Campinas, Papirus.

Link Google Scholar

BABIN, P. e KOULOUMDJIAN, M.F. (1989): Os novos modos de compreender: a geração do audiovisual e do computador. São Paulo, Paulinas.

Link Google Scholar

CHAIGAR, V.M. (2001): «A pedagogia da comunicação e a professora cata-vento», in PORTO, T.M. (Org.): Saberes e linguagens de educação e comunicação. Pelotas/RS, Ed. Universitária UFPEL.

Link Google Scholar

COGO, D. e GOMES, P.G. (2001): Televisão, escola e juventude. Porto Alegre, Mediação.

Link Google Scholar

DAYRELL, J. (2003): «O jovem como sujeito social», in Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, ANPED, 24: 40-52.

Link Google Scholar

FREIRE, P. (1997): Pedagogia da autonomia. Saberes necessários à prática educativa. São Paulo. Paz e Terra.

Link Google Scholar

GOMES, P. e COGO, D. (Orgs.) (1998): O adolescente e a televisão. Porto Alegre, UNISINOS.

Link Google Scholar

GUTIÉRREZ, F. e PRADO, C. (2000): Ecopedagogia e cidadania planetária. São Paulo, Cortez. V. 3 (Guia da escola cidadã).

Link Google Scholar

MATURANA, H. (2001): Cognição, ciência e vida cotidiana. Belo Horizonte, UFMG.

Link Google Scholar

MERLO, T. (2003): «A imagem como símbolo cultural», in PORTO, .M. (Org.): Redes em construção: meios de comunicação e práticas educativas. Araraquara, JM.

Link Google Scholar

OUTEIRAL, J.O. (1994): Adolescer: estudos sobre adolescência. Porto Alegre, Artes Médicas.

Link Google Scholar

PENTEADO, H.D. (1991): Televisão e escola: conflito ou cooperação. São Paulo, Cortez.

Link Google Scholar

PORTO, T.M. (2000): A televisão na escola... afinal, que pedagogia é esta? Araraquara, SP, JM.

Link Google Scholar

PORTO, T.M. (Org.) (2003): Redes em construção: meios de comunicação e práticas educativas. Araraquara, JM.

Link Google Scholar

RESTREPO, L. C. (2001): O direito à ternura. Petrópolis, Vozes.

Link Google Scholar

SILVA, J.M. (2004): «As tecnologias do imaginário», in PERES, L.M. (Org.): Imaginário: o entre saberes do arcaico e do cotidiano. Pelotas, UFPel.

Link Google Scholar

Fundref

Este trabalho não tem nenhum apoio financeiro

Crossmark

Technical information

Métricas

Métricas deste artigo

Vistas: 22184

Leituras dos resumos: 19191

Descargas em PDF: 2993

Métricas completas do Comunicar 24

Vistas: 680009

Leituras dos resumos: 577730

Descargas em PDF: 102279

Citado por

Citas em Web of Science

Actualmente não há citações a este documento

Citas em Scopus

Actualmente não há citações a este documento

Citas em Google Scholar

Actualmente não há citações a este documento

Baixar

Métricas alternativas

Como citar

Esperon-Porto, T. (2005). What´s the young person of the 21th century like?. [Adolescentes e comunicação: espaços de aprendizagem e comunicação]. Comunicar, 24, 133-141. https://doi.org/10.3916/C24-2005-20

Compartilhar

           

Caixa Postal 527

21080 Huelva (Espanha)

Administração

Redação

Creative Commons

Este site usa cookies para obter dados estatísticos sobre a navegação de seus usuários. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. +info X