Palavras chave

Televisão, qualidade, educação para os meios de comunicação, RTP2, crianças, jovens

Resumo

A educação para os meios de comunicação é uma das obrigações do serviço público da televisão portuguesa. A RTP2 demonstrou ao longo dos anos uma forte preocupação pela qualidade dos programas que oferece, principalmente para o público infanto-juvenil. Considerando isso, este artigo enfoca as estratégias de comunicação e educação dos programas Kulto e Pica, e discute em que medida os programas contribuem para ensinar crianças e jovens a assistirem à televisão, melhorando assim a competência midiática.

Referências

Borges, G. (2004): «A discussão do conceito de qualidade no contexto televisual britânico», Líbero Revista Acadêmica da Pós-Graduação da Faculdade Casper Líbero, Ano VII, 13/14; 46-53.

Link Google Scholar

BRU (1989): Quality in television: Programmes, Programme-makers, systems. Londres, John Libbey.

Link Google Scholar

Buckingham, D. (2005): Educación en medios. Alfabetización, aprendizage y cultura contemporánea. Barcelona, Paidós.

Link Google Scholar

Eco, U. (1984): Viagem na irrealidade cotidiana. Rio de Janeiro, Nova Fronteira.

Link Google Scholar

Fontcuberta, M. (no prelo): «Uma televisão de qualidade exige um receptor de qualidade», en BORGES, G. e REIA-BAPTISTA, V.: Discursos e práticas de qualidade na televisão. Faro, Ciccom/ Universidade do Algarve.

Link Google Scholar

Leggatt, T. (1996): «Quality in television: The view of professionals», in Ishikawa, S. (Ed.): Quality assessement of television. Luton, University Luton Press.

Link Google Scholar

Machado, A. (2000): A televisão levada a sério. São Paulo, Senac.

Link Google Scholar

Mepham, J. (1990): «The Ethics of quality in television», in MULGAN, G.: The Question of quality. Londres, British Film Institute.

Link Google Scholar

Nissen, C.S. (2006): Public service media in the information society. Relatório do Conselho da Europa preparado por Grupo de Especialistas em Serviço Público na Sociedade da Informação (www.coe.int/T/E/human_rights/media/1_Intergovernmental_Co-operation/MC-S-PSB/H-Info(2006)003_en.pdf).

Link Google Scholar

Perez Tornero, J.M. (1997): «Educación en televisión», en AGUADED, J.I.: La otra mirada a la tele. Propuestas para un consumo inteligente de la televisión. Sevilla, Consejería de Trabajo e Industria; 23-28.

Link Google Scholar

Pujadas, E. (2002): «Televisón de calidad y pragmatismo», en Quaderns del CAC, 13; 3-12 (www.audiovisualcat.net/publicaciones/Q13esp.pdf).

Link Google Scholar

Fundref

Este trabalho não tem nenhum apoio financeiro

Crossmark

Technical information

Métricas

Métricas deste artigo

Vistas: 17764

Leituras dos resumos: 14672

Descargas em PDF: 3092

Métricas completas do Comunicar 31

Vistas: 512227324

Leituras dos resumos: 424346506

Descargas em PDF: 87880818

Citado por

Citas em Web of Science

Actualmente não há citações a este documento

Citas em Scopus

Actualmente não há citações a este documento

Citas em Google Scholar

Actualmente não há citações a este documento

Baixar

Métricas alternativas

Como citar

Borges, G. (2008). Portuguese RTP2 and the promotion of media education. [RTP2 de Portugal y el fomento de la educación para los medios de comunicación]. Comunicar, 31. https://doi.org/10.3916/c31-2008-03-054

Compartilhar

           

Caixa Postal 527

21080 Huelva (Espanha)

Administração

Redação

Creative Commons

Este site usa cookies para obter dados estatísticos sobre a navegação de seus usuários. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. +info X