Palavras chave

Televisão, estratégias de consumo, estereótipos, séries de televisão para meninas

Resumo

A comunicação proposta procura aprofundar-se, por um lado, no desenvolvimento de novas estratégias de mercado, voltadas a promover o consumismo entre as meninas e utilizam a televisão como plataforma. Em primeiro lugar, será tratado o caso de empresas como a Disney, que relançaram para o público infantil feminino com um grande êxito comercia, as protagonistas dos contos de sempre, unidas na irmandade genérica das “princesas”. Também serão analisadas outras figuras que a televisão e outros suportes audiovisuais tornaram conhecidas, e os elementos proporcionados por esse tipo de produto que orienta e reforça o consumo, estimulando, ao mesmo tempo, estereótipos sexuais e culturais.

Referências

Fundref

Este trabalho não tem nenhum apoio financeiro

Crossmark

Technical information

Métricas

Métricas deste artigo

Vistas: 20548

Leituras dos resumos: 16284

Descargas em PDF: 4264

Métricas completas do Comunicar 31

Vistas: 585806163

Leituras dos resumos: 485641074

Descargas em PDF: 100165089

Citado por

Citas em Web of Science

Aguado Pelaez, Delicia; Martinez Garcia, Patricia. HAS DISNEY BECOME FEMINIST? A NEW MODEL OF EMPOWERED PRINCESSES AREA ABIERTA, 2015.

https://doi.org/10.5209/rev_ARAB.2015.v15.n2.46544m

Citas em Scopus

Actualmente não há citações a este documento

Citas em Google Scholar

Actualmente não há citações a este documento

Baixar

Métricas alternativas

Como citar

Gordillo-Álvarez, I., & Ramírez-Alvarado, M. (2008). TV and strategies to promote consumption among young girls. [TV y estrategias para el fomento del consumo en las niñas]. Comunicar, 31. https://doi.org/10.3916/c31-2008-03-066

Compartilhar

           

Caixa Postal 527

21080 Huelva (Espanha)

Administração

Redação

Creative Commons

Este site usa cookies para obter dados estatísticos sobre a navegação de seus usuários. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. +info X