Comunicar 36: A televisão e suas novas expressões

Vol. XVIII, nº 36, Primeiro semestre, 1 Marçorch 2011
E-ISSN: 1988-3293 / ISSN: 1134-3478

           

De indústrias culturais a indústrias do entretenimento e criativas: os limites do «campo» cultural

https://doi.org/10.3916/C36-2011-03-06

Resumo

Este artigo analisa a atual tendência da diluição do conceito de “indústrias culturais” em termos como “indústrias do lazer”, “do entretenimento” ou até mesmo “indústrias criativas”. Revisamos a literatura especializada recente, identificamos a sobreposição entre os termos supracitados e concluímos que é outro viés do conceito de cultura que está intimamente ligado a novos espaços e tempos de seu proveito, a mutações tecnológicas dos produtos culturais, mudanças de titularidade de seus provedores, assim como as funções de autor, ator e espectador. Para entender essa mutação, usamos três fatores: 1) da materialidade e textualidade forte, fechada, independente, do produto cultural clássico até a maleabilidade e convertibilidade que as novas tecnologias permitem; 2) de uma experiência cultural essencialmente contemplativa e reverente a uma experimentação participante, em constante circulação, combinada e divertida; 3) de um desejo de permanência e profundidade, para um contingente constituinte de superficialidade. Nas conclusões sugerem-se implicações mais amplas que vão além do escopo deste trabalho: esse totum revolutum que borra as fronteiras entre cultura e entretenimento, o que compromete a autonomia do contestado “campo” cultural, situado entre o trabalho e o lazer (mais agradável que o primeiro e mais esforçado que o segundo), e que apaga também as fronteiras entre entretenimento cultural e do trabalho (negócio, na verdade).

Este artigo foi lido 15030 vezes

=From Cultural Industries to Entertainment and Creative Industries. The Boundaries of the Cultural Field

Loading

www.grupocomunicar.com

grupocomunicar.com Google Play Grupo Comunicar Grupo Comunicar Mail Mail

Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más información X Cerrar