Comunicar 53: Cidadania crítica e empoderamento social na sociedade cibernética emergente

Vol. XXV, nº 53, Quarto trimestre, 1 Outubro 2017
E-ISSN: 1988-3293 / ISSN: 1134-3478

           

Universitários e redes sociais informativas: céticos totais, moderados duais ou pró-digitais

https://doi.org/10.3916/C53-2017-06

Resumo

O objetivo do presente trabalho é analisar o uso das redes sociais informativas como ferramenta de empoderamento social por universitários espanhóis e sua percepção da universidade como instituição que contribui para a formação de uma cidadania crítica e ativa, ao mesmo tempo que proporciona relevantes habilidades digitais. A revisão bibliográfica mostra possíveis discrepâncias em relação ao efeito que as novas formas de comunicação digital têm no empoderamento de jovens e, em particular, dos universitários, assim como a existência de várias questões relacionadas a esclarecer neste cenário digital. A seguir, apresenta-se uma análise tipológica da percepção dos universitários sobre as redes sociais informativas, empoderamento social e o papel da universidade. A partir dos dados coletados, por meio de um questionário estruturado de uma amostra de 236 estudantes de Ciências Sociais, realiza-se uma análise de tipologias com o algoritmo K-Médias. Três tipos bastante diferentes são identificados: <>, <> e <>. Explica-se sua prevalência e sua caracterização pelos perfis de crenças e comportamentos relacionados a essas crenças. Encerra-se o trabalho com diversas recomendações para pesquisas futuras quanto à percepção do universitário sobre o uso das redes sociais como ferramenta de transformação social e o papel da universidade.

Este artigo foi lido 8956 vezes

Loading

www.grupocomunicar.com

grupocomunicar.com Google Play Grupo Comunicar Grupo Comunicar Mail Mail

Esta web utiliza cookies para obtener datos estadísticos de la navegación de sus usuarios. Si continúas navegando consideramos que aceptas su uso. Más información X Cerrar